🐰 RITUAL COMPLETO PARA OSTARA 🐇

🐰 RITUAL COMPLETO PARA OSTARA 🐇

Por MysticBox - Uma Experiência Mística      20/09/2017 19:14:18    
🐰 RITUAL COMPLETO PARA OSTARA 🐇🥚

Ostara ou Equinócio de Primavera
Setembro - Hemisfério Sul
Março – Hemisfério Norte
 
O Sabá do Equinócio da Primavera é o rito de fertilidade que celebra o nascimento da Primavera e o redespertar da vida na terra. Nesse dia sagrado, os Bruxos acendem fogueiras novas ao nascer do sol, se rejubilam, tocam sinos e decoram ovos cozidos — um antigo costume pagão associado à Deusa da Fertilidade.

Os ovos, que obviamente são símbolos da fertilidade e da reprodução, eram usados nos antigos ritos da fertilidade. Pintados com vários símbolos mágicos, eram lançados ao fogo ou enterrados como oferendas à Deusa. Em certas partes do mundo pintavam-se os ovos do Equinócio da Primavera de amarelo ou dourado (cores solares sagradas), utilizando-os em rituais para honrar o Deus Sol. Os aspectos da Deusa, invocados nesse Sabá são Eostre (a deusa saxônica da fertilidade) e Ostara (a deusa alemã da fertilidade). Em algumas tradições wiccanianas, as deidades da fertilidade adoradas nesse dia são a Deusa das Plantas e o Senhor das Matas. Como a maioria dos antigos festivais pagãos, o Equinócio da Primavera foi cristianizado pela Igreja na Páscoa, que celebra a ressurreição de Jesus de Nazaré. A Páscoa (em inglês Easter nome derivado da deidade saxônica da fertilidade, Eostre) só recebeu oficialmente esse nome da Deusa após o fim da Idade Média. Até hoje, o Domingo de Páscoa é determinado pelo antigo sistema do calendário lunar, que estabelece o dia santo no primeiro domingo após a primeira lua cheia, no ou após o Equinócio da Primavera.
 
(Formalmente isso marca a fase de “gravidez” da Deusa Tripla, atravessando a estação fértil.)
A Páscoa, como quase todas as festividades religiosas cristãs, é enriquecida com inúmeros características, costumes e tradições pagãos, como os ovos de Páscoa e o coelho. Os ovos, como mencionado, eram símbolos antigos de fertilidade oferecidos à deusa dos Pagãos. A lebre era um símbolo de renascimento e ressurreição, sendo animal sagrado para várias deusas lunares, tanto na cultura oriental como na ocidental, incluindo a deusa Ostara, cujo animal era o coelho. Os alimentos pagãos tradicionais do Sabá do Equinócio da Primavera são os ovos cozidos, os bolos de mel, iogurte, as primeiras frutas da estação em ponche de leite. Na Suécia, os waffles eram o prato tradicional da época
 
Material utilizado:

☾ Pentagrama enviado pela MysticBox;
 Caldeirão;
☾ Velas verde claro, amarela e dourada;
☾ Ovo de Ostara recheado com ervas e pedra enviado pela MysticBox;
☾ Incenso de Violeta;
☾ Disco com lebre de ostara;
☾ Taça com iogurte;
☾ Alimentos como frutas da estação, ovos cozidos ou bolo de mel;
☾ Erva bálsamo ou verbena enviada pela MysticBox;
☾ Pequeno vaso com planta.

Ritual:
Acenda o incenso de violeta para elevar as vibrações do local. Deixe queimar por alguns poucos minutos. Disponha as três velas em triângulo e deixe o pentagrama no centro. Antes de iniciar o ritual retire a erva e pedra de dentro do ovo de ostara enviado pela MysticBox e enfeite seu altar juntamente com a outra erva enviada e pedras. Use o disco de Ostara para decorar seu altar juntamente com seu ovo de ostara. Se desejar, poderá ser espalhado pétalas de rosas no altar ou pelo local. Deixe os alimentos em cima do altar e encha o caldeirão com pouco de água e coloque flores e as ervas.
 

Trace o círculo como de costume. Invoque a Deusa e o Deus. Acenda as velas.

De pé, diante do altar, observe a planta e diga:

“Grande Deusa, liberta da prisão fria do inverno. Agora é a hora do verdejar, quando a fragrância das flores se espalha com a brisa. Este é o início. A vida se renova por Sua magia, Deusa da Terra. O Deus se distende e se ergue, ansioso em Sua juventude, e pleno com a promessa do verão.”
 
Toque a planta. Conecte-se a sua energia e, através dela, com toda a natureza. Viaje, por suas folhas e ramos em sua visualização - do centro de sua consciência para fora de seu braço dedos e penetrando dentro da própria planta. Explore sua natureza interior; sinta os milagrosos processos da vida ativos em seu interior. Após algum tempo, ainda tocando a planta, diga:

Caminho pela terra em amizade, não como dominador.
Deusa Mãe e Deus Pai, depositem em mim
Através desta planta um amor por todas as coisas vivas.
Ensinem-me a reverenciar a Terra e todos os seus tesouros.
Que eu jamais me esqueça.
 
Pegue o pentagrama, eleve-o aos céus e repita a seguinte afirmação:
 
“A Primavera renasceu, que a vida floresça, que a dança cósmica da natureza para sempre permaneça!”

Medite acerca das mudanças de estações. Sinta o crescer das energias na Terra a seu redor. Trabalhos de magia, se necessários, podem-se seguir.

Celebre o Banquete Simples. Beba o conteúdo do Cálice e deixe um pouco para oferecer a alguém ou para ofertar a Terra.

Um passatempo tradicional do Equinócio de Primavera: vá a um campo e colete flores silvestres, sempre pedindo permissão antes e agradecendo após a coleta. Ou, então, compre algumas numa floricultura, apanhando uma ou duas das que lhe agradarem. Leve-as para casa e descubra seus significados mágicos por meio de livros, sua intuição, um pêndulo ou outros métodos. As flores que tiver escolhido revelarão seus pensamentos e emoções internos. É importante, neste período de vida renovada, planejar uma caminhada (ou passeio) por jardins, um parque, bosques, florestas e outros lugares verdejantes. Não se trata de um simples exercício, e você não deve ter nenhuma outra missão. Não é nem mesmo apenas uma apreciação da natureza. Faça de sua caminhada uma celebração, um ritual para a própria natureza.

Outras atividades tradicionais incluem o plantio de sementes, o cultivo de jardins mágicos, e a prática de todas as formas de trabalho com ervas - mágico, medicinal, cosmético, culinário e artístico.
Desfaça o círculo agradecendo e dispensando a presença e ajuda dos Deuses e energias que estiverem presentes.

Quando terminar os Sabbats:
✭ Sempre coma os alimentos que foram consagrados no ritual e se possível, divida com os seus queridos.
✭ Tudo o que foi consagrado como velas, ramos de trigos, ervas, pétalas que não foram utilizadas, devem ser distribuídas as pessoas que você gosta.
✭ A libação sempre deverá ser feita ao término da realização do Sabbat.
✭ Sobras de velas, incensos, água, sucos, bebidas etc., devem ser deixados em um canteiro de flores ou plantas.
✭ Sempre trace o círculo no início e final dos rituais e desfaça-o quando terminar.

Fontes consultadas:
- Cunningham, Scott (2001). Guia Essencial da Bruxa Solitária. São Paulo: Gaia, 3ª Edição.
- Prieto, Claudiney (1999). Wicca – Ritos e Mistérios da Bruxaria Moderna. São Paulo: Germinal.
- Dunwich, Gerina. A Feitiçaria Moderna

 
 
 

Comente

2016 Copy - MysticBox - Todos os Direitos Reservados

Plataforma para clubes: Plataforma para Clube de Assinaturas