🕎 RITUAL COMPLETO PARA IMBOLC 🕯️

🕎 RITUAL COMPLETO PARA IMBOLC 🕯️

Por MysticBox - Uma Experiência Mística      01/08/2019 12:07:52    

Imbolc ou Candlemas
Dia 01 de Agosto - Hemisfério Sul
Dia 02 de Fevereiro – Hemisfério Norte

A Palavra Imbolc significa “no leite” e marcava o período de lactação das ovelhas e gados na Europa. Era o momento mais frio do ano onde não existia mais lenha disponível para as fogueiras, tão comuns nas celebrações dos Sabbats maiores. Elas então tomavam forma nas procissões de velas, que percorriam o arado para purificar a terra para o plantio das novas sementes. Este também era o dia consagrado à Brigit, a Deusa celta do fogo, lar e família. Ela também era uma Deusa da cura e fertilidade.

As muitas velas representavam o poder e a luz do sol que se aproximava com a chegada da primavera. Um costume tradicional deste Sabbat é colher um ramo verde e deixá-lo pendurado em algum lugar dentro de casa para abençoá-la com novas energias. É o aspecto feminino do Sol. É o festival que celebra a luz nas trevas. É o momento ideal de banirmos nossos remorsos, culpas e planejarmos o futuro. A Deusa está cuidando de seu bebê, a Criança do Sol nascida em Yule(o Deus). Ela e seu filho afastam o inverno e o Deus cresce forte e poderoso.

Este festival era a época tradicional de iniciação das novas bruxas. O Imbolc é geralmente reconhecido hoje por não-pagãos no Dia dos Namorados do hemisfério norte, com suas atividades românticas e o coração vermelho que simboliza relacionamentos amorosos e também pelo dia da marmota. A Igreja católica cultua Santa Erigida por essa época, a versão cristianizada da deusa celta Brigit.

Material utilizado:

☾ Angélica e Manjericão;
☾ Velas vermelhas, brancas e laranja;
☾ Caldeirão;
☾ Pedras: ametista e jaspe vermelho;
☾ Defumador de Mirra;
☾ Vassoura;
☾ Taça com suco de morango ou uva;
☾ Alimentos derivados de laticínios como iogurte ou queijos ou comidas condimentadas em honra ao sol;
☾ Cruz de Brigit enviada pela MysticBox.

Ritual:
Acenda o defumador de mirra para elevar as vibrações do ambiente. Deixe defumar o ambiente por poucos minutos. Espalhe as ervas pelo altar, posicione as velas em triangulo e posicione a Cruz de Brigit entre elas. Prepare o caldeirão com uma pequena vela branca dentro para ser acesa logo mais. Deixe os alimentos em cima do altar.
Acenda o caldeirão. Trace o círculo como de costume e então pegue a vassoura e varra o círculo sem encostá-la, será como se varresse o ar. Diga:

“Grande Deusa em seu nome eu limpo e varro este Círculo para que assim todas as energias maléficas sejam afastadas. Em seu nome eu abro caminho e abençoo este lugar.”

Acenda as velas e então repita estas palavras enquanto estiver acendendo-as:

“Que os Fogos de Imbolc tragam purificação.
Que a Senhora da Primavera se aproxime e traga suas bênçãos ao mundo.”

Eleve as mãos e diga:

“Eu acendo estas velas iluminando os caminhos para a Primavera passar.
Deusa nos ensine e nos guie

Aquecendo nossos corações com seu amor.
Este é o Fogo da purificação, o Fogo de Brigit,
Brigit dos Bardos,
Brigit das Fontes,

Brigit do cabelo entrelaçado,
Brigit dos bosques,
Brigit dos pássaros que cantam trazendo alegria,

Deusa nos ensine e nos guie,
Aquecendo nossos corações com o seu amor.”


Pegue a Cruz de Brigit, levante-a e então diga:

Brigit chegou, seja bem vinda. Brigit chegou, seja abençoada. Brigit chegou, seja bem amada”

Pegue o cálice e dirija-se até o caldeirão. Beba 3 goles e diga:

“Pelo poder do 3 vezes o 3 eu bebo este líquido mágico em nome de todos os Deuses Antigos”

Derrame um pouco no interior do caldeirão, dizendo:

“Que a Terra seja fortalecida, oh Senhora da Lua de Prata e Deus dos Caminhos. Esta libação é feita por vós e em vossos nomes. Que assim seja e que assim se faça”

Pare diante do caldeirão. Observe sua chama. Visualize sua vida florescendo em criatividade, com energias e forças renovadas.
Se precisar olhar para o futuro ou o passado, este é o momento ideal.
Trabalhos de magia e consagrações, se necessários, podem-se seguir.
Celebre o Banquete Simples. Beba o conteúdo do Cálice e deixe um pouco para oferecer a alguém ou para ofertar a Terra.

É uma tradição do Imbolc, no pôr-do-sol ou logo após o ritual, acender cada lâmpada da casa - mesmo que por alguns momentos. Ou então acender velas em cada cômodo para honrar o renascimento do Sol.

Desfaça o círculo agradecendo e dispensando a presença e ajuda dos Deuses e energias que estiverem presentes.

Quando terminar os Sabbats:
✭ Sempre coma os alimentos que foram consagrados no ritual e se possível, divida com os seus queridos.
✭ Tudo o que foi consagrado como velas, ramos de trigos, ervas, pétalas que não foram utilizadas, devem ser distribuídas as pessoas que você gosta.
✭ A libação sempre deverá ser feita ao término da realização do Sabbat.
✭ Sobras de velas, incensos, água, sucos, bebidas etc., devem ser deixados em um canteiro de flores ou plantas.
✭ Sempre trace o círculo no início e final dos rituais e desfaça-o quando terminar.

Fontes consultadas:
- Cunningham, Scott (2001). Guia Essencial da Bruxa Solitária. São Paulo: Gaia, 3ª Edição.
- Prieto, Claudiney (1999). Wicca – Ritos e Mistérios da Bruxaria Moderna. São Paulo: Germinal.
- Prieto, Claudiney (2009). Wicca para todos.
- Prieto, Claudiney (2002). ABC da Bruxaria São Paulo: Gaia.
- Varuna, Isis. - GRIMOIRE -.


 

Comente

2016 Copy - MysticBox - Todos os Direitos Reservados

Plataforma para clubes: Plataforma para Clube de Assinaturas