Por MysticBox - Uma Experiência Mística      31/10/2017 14:23:33    


Beltane ou Fogueira de Belenos
31/10 - Hemisfério Sul
01/05 – Hemisfério Norte
 
Em Beltane a Deusa se transforma num cervo branco. O jovem Deus é o caçador. Ele a persegue na floresta e a captura. Ela se vira, acuada, e novamente se transforma numa linda mulher. Ele faz sexo com ela e morre de amor nos seus braços, renascendo instantaneamente, mas transformado em outro ser. A vida e a criatividade estão asseguradas. Então, em Beltane, Deus e Deusa se “casam”. A primavera que chegou em Ostara torna Beltane a época da união e do prazer. Para os nossos ancestrais pagãos, 1º de maio era o primeiro dia de verão (hemisfério norte). Celebravam a véspera com danças, festins, e, em alguns casos, com uma grande invocação à fertilidade. Este é um “casamento verde”, e entendido como a união entre o Deus Cornífero, por meio do homem, impregnando a Deusa, por meio da mulher. A união era a celebração da vida e do amor, servindo para assegurar a fertilidade dos campos, entre os animais e nas tribos humanas. No dia de Beltane o sol está astrologicamente no signo de Scorpius, o Escorpião, que marca a “morte” do Inverno, o “nascimento” da Primavera e o começo da estação do plantio no hemisfério sul.

Material utilizado:
 
☾ Caldeirão;
☾ Athame;
☾ Taça com suco de morango ou suco de uva;
☾ Velas verde, vermelha e cor de rosa;
☾ Incenso de Jasmim;
☾ Casal Deusa e Deus enviado pela MysticBox;
☾ Pombos de Bel enviado pela MysticBox;
☾ Alimentos como frutas da estação, bolo de mel, bolo de frutas, bananas, abacaxi, maçãs, biscoitos etc;
☾ Ervas oliveira e erva~de~são joão;
☾ Pétalas de rosas ou flores;
☾ Cristais pedra da lua, esmeralda e quartzo verde.
 
Ritual:
Acenda o incenso de jasmim para elevar as vibrações do local. Deixe queimar por alguns poucos minutos. Disponha as três velas em triângulo e deixe o casal Deusa e Deus no centro. Enfeite seu altar com as ervas, flores e pétalas que colheu (peça permissão e agradeça com amor a planta) os alimentos e frutas que desejar utilizar e deixe os pombos de Bel separados um em cada extremidade do altar. Coloque uma pequena vela dentro do caldeirão para ser acesa posteriormente.
 

Trace o círculo como de costume. Invoque a Deusa e o Deus. Acenda as velas.

Acenda a vela do caldeirão. Jogue um pouco de erva de são joão e oliveira no caldeirão e diga:
“Espírito do Fogo, Fogo de Bel,
Acendo as suas chamas
Que a união da Deusa e do Deus fecundem a Terra e tragam abundância ao mundo.
Agora é a hora da celebração, da alegria, da fertilidade e do riso.
Abençoado seja Beltane, que traz a luz do fogo e o Verão.”
 
Pegue a Taça e o Athame eleve-os e diga:
Eu invoco a doce Senhora que fecunda a Terra
Que este cálice seja abençoado e represente o ventre da Mãe,
Eu invoco o Senhor dos Bosques e dos animais para que abençoe este Athame.
 
Mergulhe a lâmina do Athame no cálice com a bebida e diga:
Pela taça e pelo athame
Que esta bebida seja consagrada.
Eu uno o masculino e o feminino para trazer bênçãos, prosperidade e sabedoria.
Pela Terra e pela Água, pelo Fogo e pelo Ar, que o círculo da vida jamais se quebre.”
 
Retire o Athame do cálice e então tome um pouco da bebida.

Medite um pouco a respeito da união das energias criadoras do Universo enquanto olha para o casal Deus e Deusa em cima do altar. Para encerrar diga:
“De sua união surgirá a vida renovada;
Uma profusão de criaturas vivas cobrirá a terra,
E os ventos soprarão puros e doces.
 
Neste momento pegue os pombos de Bel e imagine a pessoa amada (namorado/marido/pretendente) sendo um dos pombinhos e você o outro. Mentalize todas as características marcantes da pessoa e então os separe. Á medida que você vai aproximando os pombinhos no altar (todo dia aproxime um pouco), mentalize novamente a pessoa amada. Quando eles se beijarem você terá uma surpresa agradável.

Caso tenha mais algum trabalho de magia, realize-o.
Bordar e fazer tranças são artes típicas deste período do ano, pois a união de duas substâncias para criar uma terceira é o espírito do Beltane.
Celebre o banquete preparado.
Desfaça o círculo agradecendo e dispensando a presença e ajuda dos Deuses e energias que estiverem presentes.
 
Quando terminar os Sabbats:
✭ Sempre coma os alimentos que foram consagrados no ritual e se possível, divida com os seus queridos.
✭ Tudo o que foi consagrado como velas, ramos de trigos, ervas, pétalas que não foram utilizadas, devem ser distribuídas as pessoas que você gosta.
✭ A libação sempre deverá ser feita ao término da realização do Sabbat.
✭ Sobras de velas, incensos, água, sucos, bebidas etc., devem ser deixados em um canteiro de flores ou plantas.
✭ Sempre trace o círculo no início e final dos rituais e desfaça-o quando terminar.
 
Fontes utilizadas:
- Cunningham, Scott (2001). Guia Essencial da Bruxa Solitária. São Paulo: Gaia, 3ª Edição.
- Prieto, Claudiney. ABC da Bruxaria.
- Beth, Rae. A Bruxa Solitária.
 

Comente

2016 Copy - MysticBox - Todos os Direitos Reservados

Plataforma para clubes: Plataforma para Clube de Assinaturas